Passagens

o blog do Wanderley Geraldi

Assembleia geral dos animais

Estavam todos cansados com os desmandos do chefe dos animais daquele grande potreiro da Fazenda antigamente chamada de Modelo por um poeta e cantor; hoje o nome mudou, é Fazenda da Fazenda Maior. Nada mais. Ainda assim continua grande, com campos, brejos e florestas....

Dois poemas de Mensagem, de Fernando Pessoa

Os campos O DAS QUINAS Vendem os Deuses o que dão. A gloria compra-se a desgraça. Ai dos felizes, porque são Só o que passa!   Baste a quem basta o que lhe basta O bastante de lhe bastar! A vida é breve, a alma é vasta: Ter é tardar.   Foi com desgraça e com vileza...

O tronco, de Bernardo Elis

Este é um romance regional, cujo ambiente é o sertão goiano, o norte de Goiás (grande parte do território em que se dão os fatos da narrativa está hoje localizada no estado de Tocantins). Os tempos são aqueles do coronelismo em que cada chefe de clã, com suas vastas...

As muitas cores da humanidade

Tenho somente uma sobrinha-tataraneta, uma menina sapeca que gosta muito de “cocó”, e tem sua cocó preferida que não pode sequer ser lavada, pois quando a lavam, ela a esfrega no chão para que volte a ter o mesmo cheiro... Pois minha sobrinha-tataraneta é fruto da...

Por amor às cidades, de Jacques Le Goff

Da série livros para ler e ver I Este livro resulta de uma longa conversação entre Le Goff e Jean Lebrun, que introduz na forma de perguntas ou curtos comentários os temas sobre as cidades da Idade Média e aquelas do mundo contemporâneo. A tese defendida pelo...

A “nova civilidade” retorna acelerada, tá OK?

O cotidiano, como todos sabemos, reflete, na sua singularidade, o que há de comum nas percepções e representações de mundo, mas também refrata e no seu caldeirão ao reproduzir também produz os primeiros elementos do novo que ainda não chegou, ou que vem vindo mas que...

A  ESPETACULARIZAÇÃO AO VIVO DO CERIMONIAL DA POSSE

Pronto. “O capitão chegou”! Era grito em delírio na voz de quem mesmo? Ah! A voz do público na planície em frente do Palácio do Planalto. Jair Messias Bolsonaro é o novo Presidente do Brasil. Até ontem, antes da cerimônia de posse, a imprensa falava: “o presidente...

Nós, homens de negócios

Ensina uma autoridade federal que se deve sonegar tudo o que for possível, ao nos dar o exemplo:  "Eu sonego tudo que for possível". É bem verdade que para aqueles que vivem de salários, que não são “homens de negócios”, a sonegação é quase impossível, mas há...

À esperança, de Hölderlin

Ó esperança grácil! bondosa e diligente!     Que não desprezas a casa dos tristes,        E, serviçal de bom grado, ó nobre, reinas          Entre mortais e potências celestes,   Onde estás? – Pronto vivi. Mas o anoitecer me bafeja    Com seu hálito gélido já. E, como...

Senilidade, de Ítalo Svevo

Este é o segundo romance do ‘fundador da moderna ficção italiana’. O primeiro romance foi Uma vida (de 1892; no Brasil: Nova Alexandria, 1993), e depois Senilidade veio  A consciência de Zeno (1923; no Brasil há uma edição na coleção “Biblioteca Foha” de 2003; além...