Passagens

o blog do Wanderley Geraldi

Sobre convites e afogamentos

Espero. Acabo de ler de um colega que períodos curtos significam pobreza de escrita, explicou assim: - como a pessoa não domina todos os mecanismos de evolução, gradação, e organização dos períodos, deve optar por períodos curtos e simples, de modo que estes sejam...

Uma lástima presente um poema latejo

Senhor capitão Sinceramente Você de presidente O Brasil não vai pra frente Com seu intestino latente De dia você mente De noite você desmente E goza ridente Azar da pouca elite descontente E de toda gente Pobre e doente   Senhor capitão novamente Para ser presidente...

A água já bate na bunda?

Começo dizendo que não é verdade que a água bateu na bunda de muita gente só agora. Embora isso, em grande parte, seja verdade. É que não posso fazer esse discurso uma vez que já esteja afogada em meio mar, pulando nas pontinhas dos pés para buscar ar. Quem acompanha...

Os mistérios da vida política

O título mais adequado, coerente, mais verdadeiro, talvez, seria: “O Baixo Corporal e o Baixo Material dos Políticos”. Mais verdadeiro, mesmo, seria “As Trapaças dos Políticos”. Sim, e só da vida política? Só dos políticos? E da vida jurídica, não? Dos juízes,...

EU, um outro de Imre Kertész

É difícil registrar a leitura deste livro: composto por reflexões esparsas e só aparentemente instantâneas; por autênticas crônicas de um cotidiano vivido e observado; por remessas à história da Europa, particularmente à história do povo judeu; por referências à...

Educar para violência

Têm dias tristes, outros ainda mais. Ver crianças sendo tratadas como coisas, descartáveis, na mira das balas certeiras que caem dos helicópteros surpreendendo-as nas saídas das escolas é algo muito duro.  É um recado dado e confirmado com os cortes na educação: Não...

Quem paga a conta

A imposição das políticas estatais do atual governo ao povo é o suporte para garantir o governo autocrático populista. Uma ótima estratégia para manter a hegemonia consentida com mentiras populistas, anunciadas na linguagem grotesca, prova material e intelectual de...

Não obedeça, não leia!

É o caos a ignorância. Uma pessoa morre em meio a um desfile. Um corpo na passarela atrapalhando o tráfego do bem viver. Os expectadores recebem muito mais do que foram ver, a morte ao vivo e a cores. Em preto e branco já estamos acostumados: são oitenta tiros ou...

Bem-aventuradas as contradições do capitalismo

Foi escrito por David Harvey e editado pela Boitempo um livro recente de profundos e supremos sentidos científicos da história atual dos homens. O livro é um mundo – presente compartido – recheado de verdades latentes que podem ser desvendadas e degustadas somente...

TARQUINO E LUCRÉCIA

El-rei de los Romanos, rei Traquino se chamava, para dormir com Lucrécia grande traição le armava. Disse-lhe que vinha das Índias onde seu marido estava. Se bem lhe fazia a cama, melhor lho ordenava, por cima ricas cortinas, por baixo lençóis de lana. Indo por essa...

A Princesa de Babilônia, de Voltaire

O exagero, o fantástico, o extravagante. Esta história de Voltaire (1ª. edição em 1786), em pleno Iluminismo francês e às vésperas da Revolução Francesa funciona como uma alegoria às idas e voltas da história. O enredo não é complexo. Belus, o rei da Babilônia tinha...